X Close
Your Cart
Keep Shopping
Ato Do Jiu Jitsu Contra O Feminicídio

Ato Do Jiu Jitsu Contra O Feminicídio

Na última semana uma trágica noticia comoveu todo o país. O criminoso chamado Vinicius Batista Serra agrediu brutalmente uma mulher na Barra da Tijuca, bairro da cidade do Rio de Janeiro, tratava-se da Ex-mulher de Ryan Gracie e mãe do filho de Ryan, o jovem Rayron. Elaine foi encontrada desacordada por policiais em seu apartamento, após denúncias de vizinhos que escutaram gritos de socorro no mesmo, os policiais chegaram até a residência de Elaine e a encontraram muito machucada.

Muito se falou dessa barbárie, inclusive algumas inverdades, como no caso de vincularem o agressor ao Jiu Jitsu, informando que o mesmo seria lutador de nossa modalidade. Porém, a comunidade do Jiu Jitsu se manifestou, porque uma pessoa que já praticou Jiu Jitsu não pode ser considerado um lutador, e sim um praticante de uma atividade esportiva como qualquer outra.

A academia que supostamente seria o local de treinamento de Vinicius se pronunciou, esclarecendo que o mesmo já havia praticado o esporte há cerca de 3 anos, mas não era mais um membro ativo da mesma e repudiou qualquer ato de violência incentivando o Jiu Jitsu como disseminador da disciplina e respeito ao próximo.

Entretanto o que ficou constatado é que Vínicius agiu covardemente contra uma mulher que essa sim utilizou dos conhecimentos de Jiu Jitsu para se manter viva, haja visto que a mesma possuía fortes relações com a arte marcial, sendo ex-mulher de um Gracie e mãe de um talentoso atleta da modalidade. Elaine utilizou do Jiu Jitsu para proteger seu pescoço de possíveis ataques de sufocamento, cruzando os braços na altura do pescoço e protegendo o mesmo. Sendo assim, ficou provado mais uma vez que o Jiu Jitsu pode ser uma ferramenta de defesa pessoal principalmente para as mulheres.

De acordo com dados do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) entre janeiro a julho de 2018. O canal de denúncias “Ligue 180” registrou 27 feminicídios, 51 homicídios, 547 tentativas de feminicídios e 118 tentativas de homicídios. No mesmo período, os relatos de violência chegaram a 79.661, sendo os maiores números referentes à violência física (37.396) e violência psicológica (26.527).

Entre os relatos de violência, 63.116 foram classificados como violência doméstica. Os dados abrangem cárcere privado, esporte sem assédio, homicídio, tráfico de pessoas, tráfico internacional de pessoas, tráfico interno de pessoas e as violências física, moral, obstétrica, patrimonial, psicológica e sexual.

Vale lembrar que esses números não representam a totalidade de crimes cometidos nesse período, pois muitos casos são acobertados e muitas pessoas são coagidas de forma a se manterem em silêncio, além de existirem casos em que as pessoas acreditam que suas denúncias nunca terão uma solução e outras pessoas simplesmente desconhecem o canal.

Dessa forma, mais uma vez a comunidade do Jiu Jitsu se uniu em prol da defesa da vida e do nosso amado esporte. A SJJSAF (Sport Jiu Jitsu South American Federation) promoverá um ato que tem como objetivo principal um “Basta de violência contra a mulher”, a manifestação pacífica vem de encontro aos acontecimentos macabros que ocorrem diariamente contra mulheres diariamente em todo o país.

A organização do evento realizará o mesmo na Arena Carioca no Parque Olimpico da Barra no Rio de Janeiro no próximo domingo (24 de janeiro), as 11 horas da manhã e convida a todos a participarem desse “Ato do Jiu Jitsu contra o Feminicídio”.

O BJJ Fanatics repudia qualquer ato de violência e aprova esse tipo de manifestação em prol da vida e da igualdade de direitos entre homens e mulheres!

No Jiu Jitsu, as mulheres tem ganhado cada dia mais espaço, os campeonatos e as academias a cada dia que passa estão mais lotados de meninas que assim como os homens encontram na arte suave uma forma saudável de praticar esportes e também desfrutar de todos os benefícios que somente o o Jiu Jitsu tem!

Dessa maneira todos os dias surgem novas meninas talentosas no Jiu Jitsu, uma delas é Thamires Aquino, a lutadora da GF Team é realmente muito dedicada a arte suave, prova disso é são seus títulos, que incluem dois mundiais IBJJF e o respeito adquirido ao longo dos anos dentro do esporte. 

Thamires é uma especialista em guarda aranha e acaba de gravar um curso juntamente com o BJJ Fanatics onde nos ensina todos os seus segredos e ajustes do seu poderoso jogo por baixo! CONFIRA!

 

OS TRUQUES DA GUARDA ARANHA COM THAMIRES AQUINO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

 

Marcadores