Confira Tudo Sobre Manuel Ribamar, O Passador "Incansável" No Jiu Jitsu

Confira Tudo Sobre Manuel Ribamar, O Passador "Incansável" No Jiu Jitsu

Confira tudo sobre Manuel Ribamar, o "Riba", o jovem faixa preta de apenas 25 anos vem se destacando no cenário internacional, com um Jiu Jitsu moderno e muito para frente buscando sempre a finalização, em entrevista exclusiva a BJJ Fanatics ele conta um pouco da sua trajetória na Arte Suave e fala o que espera para a próxima temporada, confira:



BJJFANATICS: Você poderia nos contar um pouco mais sobre quando começou no Jiu Jitsu, onde treinava, se desde o início já gostava de competir, se tinha alguma pretensão em viver do esporte, me fale um pouco sobre o seu início por favor.

"Comecei a treinar Jiu Jitsu em Manaus, quando eu tinha 12 anos, através do meu irmão de criação João Bosco Jr. Hoje presidente da Federação Amazonense FAJJPRO, tive início no Club Orley Lobato, logo em seguida fui para o Club Agenor Alvez, que infelizmente acabou fechando, após isso fui treinar no Clube Pina com o Mestre Faustino, também conhecido como Mestre Pina, ele me ajudou a ver o Jiu jitsu como um estilo de vida, me ensinou 70% do meu Jiu Jitsu atual, logo após eu ter pego a Faixa Roxa eu fui para Europa (Suíça) onde fiquei alguns meses treinando e morando por lá, infelizmente acabei rompendo o ligamento do joelho direito, fiquei sem treinar por 1 ano, após isso retornei para o Jiu Jitsu no final de 2013, quando decidi ir morar em São Paulo e treinar na Academia do Mestre Cicero Costha."

A ENCICLOPÉDIA DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM BERNARDO FARIA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

"No início sempre é difícil abrir mão da família, em São Paulo eu não tinha muito luxo, sempre dormi no tatame, e não me arrependo disso, foi a melhor época da minha vida em relação a aprendizado, me fez ser o atleta que eu sou hoje, me fortaleceu muito, tive ajuda de muitas pessoas boas ao longo do tempo e sou muito grato a Deus pela a oportunidade."

"Continuei treinando por lá até a Faixa Preta, infelizmente a equipe acabou se dividindo então eu virei Ns Brotherhood (Onde treino quando estou no Brasil), porém um pouco antes de me graduar, estava nos EUA lutando e tinha acabado de me tornar Campeão Mundial na Faixa Marrom, treinando na academia do Mestre Rodrigo Pinheiro, onde me Deu a Faixa Preta com a permissão do Cicero, hoje treino na Equipe Rodrigo Pinheiro mas também represento a NS Brotherhood."



"Sempre gostei de treinar bastante e principalmente com gente diferente, quero ter certeza que meu Jiu Jitsu funciona com todos, além do mais eu adoro lutar e sentir a adrenalina, já lutei em mais de 200 competições e me sinto muito confortável com o nervosismo, apesar desse detalhe eu amo competir e não consigo viver sem. Desde os meus 15 anos já pensava em viver do esporte por que realmente eu sentia que eu tinha nascido para aquilo, e cada campeonato com um nível mais alto que eu vencia, só confirmava mais e mais a minha vontade."

Leia Mais Sobre Leandro...

BJJFANATICS: Poderia falar um pouco dos títulos mais relevantes para sua carreira, e dos campeonatos que talvez você não tenha vencido mas gostou muito de lutar no evento.

"Acho que os únicos títulos que nunca conquistei foram somente o PanAmericano e o Europeu pela IBJJF, além do Abu Dhabi World Pro pela UAE. Na faixa preta, ainda falta o Campeonato Mundial, PanAmericano, e Europeu, acabei conquistando muitos Opens pela IBJJF, vencendo no Peso e no Absoluto, esse ano consegui me sagrar campeão do World Series of Grappling, evento em que todos os campeões mundiais do meu peso estavam reunidos, e acabei sendo vitorioso tirando os principais nomes. Também me sagrei Campeão Mundial Com e Sem Kimono pela SJJIF, a última competição que participei foi o Mundial Sem Kimono, onde fiquei em Terceiro Lugar, após um empate na semi-final, consegui lutar bem apesar da derrota, ninguém marcou pontos em mim."



BJJFANATICS: Fale um pouco mais sobre a sua ida pros EUA, quando você decidiu que era a hora de sair do Brasil e se aventurar em solo americano? E como foi sua adaptação?


"Eu sempre quis morar nos Estados Unidos, sempre vi o país como minha chance de mudança, especialmente para dar o melhor para minha família, e a hora certa foi quando tive a oportunidade de ficar, eu abracei com unhas e dentes, minha adaptação foi muito rápida, para quem veio de baixo como eu vim acaba sendo mais fácil, sou muito extrovertido e gosto de falar bastante, em 5 meses meu inglês estava fluente o suficiente para sobreviver e dar aulas"



BJJFANATICS: Como é a sua rotina de treinos, sua suplementação, se você faz algum treino fora do Jiu Jitsu, se trabalha ou apenas se dedica integralmente a Arte Suave?

"Utilizo suplementos veganos, que me ajudam no corte de peso, apenas isso, minha rotina sempre foi de 3 treinos de Jiu Jitsu por dia, incluindo a preparação física realizo 4 treinos, esse ano estamos puxando um pouco mais, começamos o ano com 4 treinos de Jiu Jitsu e 1 treino de preparação física todos os dias, é bem puxado mas aos poucos estamos colhendo os resultados."



"No início de tudo, eu precisava dar muitas aulas, mas Deus me capacitou e deu oportunidade de viver só para treinar, sem ter que me preocupar com o aluguel, hoje em dia dar aula é uma opção graças a Deus que vem me abençoando nessa carreira, me tornei independente nesse aspecto, dar aula é mais como um extra"


"Eu gostaria de inspirar a todos ao meu redor, principalmente os mais novos, para que eles aprendam que todo o sucesso ou prosperidade vem de Deus, tudo começou a fluir melhor na minha vida quando me apeguei ao Senhor, gostaria que todos os atletas que também tiveram essa experiência pudessem compartilhar aos mais novos para que sejamos sempre realizados, e com sucesso em todas as áreas da nossa vida através do Senhor."



BJJFANATICS: Nos fale um pouco da sua expectativa para o ano de 2019, e quais campeonatos deseja participar, você tem alguém em quem se inspira no Jiu Jitsu?


"Minha expectativa para 2019 é ir em busca do meu objetivo de ser Campeão Mundial na Faixa Preta, eu me inspiro muito no Leandro Lo, foi um dos maiores parceiros de treino que já tive, me ajudou muito a crescer no Jiu Jitu, sem contar minha esposa Nathiely Karoline que me fez evoluir muito como pessoa e atleta."



"Riba" que tem uma passagem de guarda excelente, sempre muito técnico e para frente, busca a finalização a todo tempo, é mais um adepto a Passagem Matrix, criada por seu amigo de treino Leandro Lo, ele consegue ter um jogo muito justo além de finalizar ou raspar qualquer adversário, se você busca esse tipo de jogo a hora é agora, não deixe de conferir a famosa Guarda Lo e a Passagem Matrix, adquira já o seu curso. 

A GUARDA LO E A PASSAGEM MATRIX POR LEANDRO LO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

Marcadores