Dar Os “Três Tapinhas” É A Única Saída Para Se Livrar De Um Golpe Encaixado No Jiu Jitsu?

Dar Os “Três Tapinhas” É A Única Saída Para Se Livrar De Um Golpe Encaixado No Jiu Jitsu?

Se alguém disser que gosta de perder claramente está mentindo. Todos nós temos motivos para querer ganhar seja para inflar nosso ego ou para agradar aqueles que estão á nossa volta. No entanto aquela filosofia de que não se pode perder nunca acaba limitando o atleta e por vezes o deixa frustrado.

Existem muitas frases feitas como “perder faz parte do jogo” ou então “você nunca perde sempre aprende”, mesmo que sejam usadas para amenizar a decepção de quem passou por uma derrota elas trazem consigo algo muito importante sobre resiliência.

Para aqueles que não conhecem a palavra Resiliência, ela significa a capacidade de voltar ao seu estado natural, principalmente após alguma situação crítica e fora do comum. Segundo o Aurélio é “Propriedade de um corpo de recuperar a sua forma original após sofrer choque ou deformação, Capacidade de superar, de recuperar de adversidades.”

Ou seja, aquela pessoa que tem a capacidade de superar o que não ocorreu da forma que ela queria e tem garra para tentar novamente será sempre bem sucedida e mais confiante. Para o atleta ter resiliência o faz crescer e amadurecer.

O atleta está preparado para lidar com a derrota?

Não, ele nunca estará! Ninguém entra numa luta para perder e por mais que não transpareça por dentro essa derrota causa muitas feridas, porem o que o diferenciará é como ele se comporta após essa derrota, ele se isola e se lamenta ou bate a poeira e volta pro jogo?

Não diz respeito apenas aos campeonatos, existem pequenas rivalidades dentro do tatame, você provavelmente tem aquele companheiro de treino que é seu parceiro mas você nunca aceita perder pra ele. Isso o deixa limitado, pois para de se expor, de tentar coisas novas, de se reinventar e acaba focando apenas nos resultados.

E quando não há outro caminho a não ser recorrer aos  “três tapinhas”?

Isso mais cedo ou mais tarde ocorrerá, sempre aparecerá alguém que te surpreenda em algum momento e quando você percebe já não há mais solução, ou se machuca ou cede e começa do zero.

Desistir ou resistir?

Haverá então um embate em sua cabeça, perder ou machucar? É uma questão de escolha, mas você deve ter a consciência que uma lesão causada pelo ego, poderá lhe afastar por um bom tempo do tatame.

O maior segredo para ser um bom lutador de Jiu Jitsu e se manter ativo no esporte com uma qualidade de vida e nunca resistir além da conta quando sofrer um golpe que está tão bem encaixado que não abre espaço para resistir.

Quem desiste de uma luta não é um fraco ou um perdedor, pelo contrário para desistir é preciso muita coragem. Os momentos e as situações serão diferenciadas. Você deve calcular os pros e os contras da sua decisão.

A pouco tempo tivemos um grande exemplo de coragem e poder de decisão: A fera Rômulo Barral no mundial do ano passado ( 2017 ) na semifinal da categoria peso-médio, Rômulo enfrentou Patrick Gaudio,e esta luta de grandes nomes terminou de uma forma impressionante. O adversário de Barral encaixou uma justa americana em seu pé, que em uma decisão inesperada, ao invés de dar os três tapinhas em sinal de desistência, resolveu sustentar a posição até o final acabando sofrendo um deslocamento no pé.

Apesar de ter resistido como um guerreiro não adiantou para Rômulo Barral, já que  os árbitros decidiram pela vitória de Patrick Gaudio. Claro que as circunstância são totalmente diferentes, Rômulo é um atleta experiente e sabia todas as consequências de sua decisão e se tratava do Mundial de Jiu Jitsu, não era um campeonato qualquer, era simplesmente uma das competições mais esperada por todos do mundo do Jiu Jitsu.

Utilize os três tapinhas como uma motivação para se melhorar, se eles foram seu último recurso é porque não havia mais nada a ser feito sem que você se lesionasse, e sempre haverá a chance de começar de novo. Você deve analisar os pontos onde errou para evitar que cometa os mesmos erros novamente.

Se quiser ser um bom atleta tem que saber que nem sempre o mar estará calmo para você, e momentos como esses irão acontecer você querendo ou não, o que vai mudar é sua postura em relação a isso.

Como melhorar no Jiu Jitsu e não precisar desistir da luta diante de um golpe encaixado?

Nem sempre os "três tapinhas" é a última opção. Para cada golpe existe um antídoto a ser aplicado. Se defender é tão importante quanto atacar. As vezes negligenciamos o aprendizado sobre as defesas dos golpes e em algum momentos elas poderão ser muito úteis. A defesa certa pode te livrar das maiores enrascadas.

Quer Ser Uma Fera No Jiu Jitsu E Conseguir Evitar Os Três Tapinhas?

Venha aprender como os maiores campeões de todos os tempos. O site do BJJFANATICS disponibiliza para você o maior e melhor conteúdo de Jiu Jitsu de todos os tempos. Aqui você encontrará um curso de defesas com o pentacampeão mundial Bernardo Faria. Nesse curso você aprenderá a se desvencilhar das mais variadas posições e surpreender seus adversários.

Não perca tempo e venha conferir!!!

O MANUAL DAS DEFESAS COM BERNARDO FARIA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

Marcadores