X Close
Your Cart
Keep Shopping
Jon Jones Atende Pedido Inusitado De Fã E O Apaga Com Um Mata-Leão

Jon Jones Atende Pedido Inusitado De Fã E O Apaga Com Um Mata-Leão

Quando pensamos que já vimos de tudo sempre somos surpreendidos com alguma bizarrice... Dessa vez o acontecimento em questão ocorreu em uma feira fitness na cidade de Colônia na Alemanha, quando o consagrado lutador do UFC Jon “Bones” Jones recebeu e atendeu a um pedido curioso de um fã.

O astro que já finalizou grandes nomes do MMA como os brasileiros Vitor Belfort e Lyoto Machida em disputas por cinturão, dessa vez “colocou para dormir” um rival bem menos conhecido.

O fato inusitado foi gravado e viralizou na internet. Jones pede para que o fã esticasse os braços e se posiciona atrás do mesmo encaixando um mata-leão. Na medida em que Bones vai apertando o pescoço do rapaz o mesmo vai entrando naquele “soninho” desagradável que nenhum praticante de Jiu Jitsu tem prazer em sentir.

Veja no vídeo abaixo!

Jones utilizou os braços do fã como espécie de termômetro para que assim que o mesmo perdesse a consciência ele pudesse imediatamente largar o golpe de forma a tentar minimizar os danos causados por um desmaio como esse, e também logo em seguida levantou as pernas do homem de forma com que o sangue deste corresse mais rápido para o seu cérebro e assim retomasse os sentidos o mais rápido possível.

Após o episódio surgem algumas perguntas que muita gente tem curiosidade em saber mas que nem sempre é explanado de forma clara nas academias...

Por que nós apagamos?

De maneira geral se perguntarmos isso a qualquer pessoa na academia, quase que 100% das opiniões dirão que o “dormir” ocorre devido a asfixia causada pelos estrangulamentos. Contudo o que ocorre de fato é uma interrupção do fluxo sanguíneo que passa pelo pescoço em direção ao cérebro o que incorre no desligamento momentâneo dos sentidos.

O que fazer quando isso acontece?

Para que o indivíduo “acorde” é preciso apenas que ocorra a recomposição desse fluxo sanguíneo no pescoço da pessoa, e não é necessário utilizar de métodos como dar tapas no rosto ou então jogar água fria no rosto do companheiro.

A melhor forma de recobrar a consciência daquele que apaga num estrangulamento é fazer como Jones fez, deitando a pessoa no tatame de barriga para cima, contudo o ato de levantar as pernas do companheiro pode ajudar, porém deve ser feito com muito cuidado, pois uma colisão de cabeça, um chute ou algum contato traumático assim como um estrangulamento também pode levar o indivíduo ao desmaio e levantar as pernas nessa situação pode agravar o problema. Dessa forma, só devemos levantar as pernas do indivíduo se tivermos certeza que o atleta apagou por um golpe de sufocamento como no caso mencionado anteriormente.

Outra alternativa comum é abrir o kimono e/ou abanar o companheiro, contudo, assim como no caso de levantar as pernas esses procedimentos só são válidos para quando o indivíduo apagou por conta de uma asfixia.

Quais são os riscos de desmaios como este?

“Dormir” no tatame não deve ser algo que aconteça sempre, pois caso isso se repita muitas vezes o praticante estará sujeito a sérios danos irrecuperáveis ao seu cérebro, tornar essa cena corriqueira poderá te trazer danos irreversíveis.

Desse modo fazer brincadeiras nesse estilo ou achar que é durão durante o treino e não dar os 3 tapinhas, fazendo com que esses desmaios se tornem algo corriqueiro na sua rotina incorre em um grande risco a sua saúde, então se isso acontecer em um treino por exemplo, é melhor “bater” reiniciar o rola e tentar superar seu adversário no rola seguinte.

Outro desmaio que ficou muito famoso

Em 2017 num etapa do Grand Slam da UAEJJF realizada em Tóquio no Japão, o atleta Alexandre Vieira encaixou aquele que é considerado por ele o seu melhor estrangulamento, o Look Choke em seu adversário que não conseguiu se livrar do golpe e nem dar os três tapinhas... Alexandre foi apertando, apertando e quando se deu conta estava com seu adversário desmaiado, veja no vídeo abaixo.

 

 

 

Leia Mais Sobre Alexandre Vieira...

 

Após esse episódio, todos os olhos se voltaram para o talentoso aluno de Murilo Bustamante. Todos queriam saber como ele conseguiu fazer aquilo, se foi algo planejado ou puramente sorte... Até que todos descobriram que ele sempre faz isso!

Alexandre é um finalizador e adora apertar o pescoço de seus adversários. Aquela finalização que ele apagou seu adversário no Japão foi somente uma pequena amostra de seu poder de fogo.

"Eu jogo pra frente, eu jogo pra finalizar, eu não jogo pra marcar ponto ou vantagem pra ganhar a luta. Eu luto pela excelência, para terminar uma luta com finalização." Disse Alexandre.

Alexandre consegue fazer essa posição partindo das mais diversas situações de luta, aplicando esse poderoso golpe de finalização que é praticamente indefensível, por ser um estrangulamento em que o pescoço de seu adversário fica completamente envolvido e retorcido acabando assim com qualquer tipo de reação de defesas do seu oponente.

O melhor disso tudo é que não existe nenhum mistério na execução do Loop Choke, basta você entender a mecânica do golpe buscando sempre a gola de seu adversário e fazendo o giro para que você possa acabar com as lutas rapidamente, assim como Vieira costuma fazer.

O melhor de tudo isso é acabamos de gravar um curso inédito onde esse craque do Jiu Jitsu nos ensina com a maior riqueza de detalhes todos os ajustes, pegadas e armadilhas que sempre utiliza para finalizar seus adversários com esse poderoso golpe!

Adquira esse curso exclusivo e aprenda todos os segredos de um dos estrangulamentos mais eficientes do Jiu Jitsu!

TUDO SOBRE O LOOP CHOKE COM ALEXANDRE VIEIRA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

 

Marcadores