O Faixa Branca De Jiu Jitsu Deve Ter Orgulho De Sua Faixa!

O Faixa Branca De Jiu Jitsu Deve Ter Orgulho De Sua Faixa!

Todos nós gostamos de reconhecimento, mas é muito importante que ele venha na hora certa, para que não nos prejudique, nos frustre ou nos afaste de nossos objetivos! E dentro do Jiu Jitsu devemos ter orgulho daquela faixa que nós nos encontramos e viver o melhor de cada uma delas, porque cada uma delas tem a sua função para o crescimento e amadurecimento do atleta e é exatamente por isso que existe essa diferenciação das cores das faixas.

Quando chegamos dentro do Jiu Jitsu, colocamos o kimono pela primeira vez e fazemos a aula de iniciação, tudo muda! Ali dentro é um mundo totalmente diferente e no primeiro dia nos sentimos como uma criança que está aprendendo a andar e tentando criar coragem para dar os seus primeiros passos.

O começo é difícil para qualquer um, a sensação inicial é que nunca aprenderemos aquilo. Mesmo quando você consegue executar algumas posições simples que lhes são passadas pelo seu professor, em sua mente você não tem a mínima ideia de como alguém consegue ter a consciência de aplicar essa técnicas dentro do rola. Isso é perfeitamente normal a cada aula, a cada ensinamento o praticante fica cada vez mais familiarizado com o esporte e o Jiu Jitsu passa a não ser mais um bicho de sete cabeças e as peças começam a se encaixar.

O segredo para passar pela fase do faixa branca é esquecer a cor da faixa e entender que ela é insignificante no quesito de inteligência, as cores serve para diferenciar o grau de experiência de cada um e o faixa preta que você admira ou seu até mesmo o seu professor que você considera um ninja, também foi um faixa branca, também teve dúvidas, errou várias vezes e ainda erra porque não existe ninguém que tenha conhecimento absoluto sobre tudo a única diferença que existe entre vocês é que ele já percorreu uma distância maior que a sua  e que não desistiu no meio do caminho mesmo diante dos obstáculos que surgiram.

É difícil achar um faixa branca que tenha orgulho de sua faixa, a maioria deles tem vergonha de dizer que está nessa graduação e fica louco para chegar na azul logo e subir um pouco o seu patamar. Isso ocorre na maioria das academias, o faixa branca se sente inferior aos outros pelo simples fato de atrás das pessoas quanto o assunto é técnica de Jiu Jitsu.

A culpa disso é de uma cultura que dissemina coisas do tipo “ah... isso é coisa de faixa branca” ou então “faixa branca nem é gente...” mesmo que seja em tom de brincadeira o faixa branca absorve essas coisas de uma maneira negativa afinal ele está entrando no meio da comparação já que a cor da faixa dele é branca.

Os mais graduados também são culpados por muitas desistências dentro do Jiu Jitsu, já que eles esquecem de acolher os novatos e ajudarem eles nesse período de adaptação. Ninguém nasce sabendo nada! Nossos pais deram comida na nossa boca até que pudéssemos aprender a comer sozinhos, nos carregaram no colo até que pudéssemos andar sozinhos e alguns ainda acham que o faixa branca deveria fazer tudo certo desde a primeira aula? Claro que não! Ele precisa de orientação, os professores nem sempre consegue dar atenção especial aos novatos, porque tem uma turma inteira para dar conta, então se você já é um pouco mais graduado e já passou pela fase de teste, ACOLHA UM FAIXA BRANCA! Mostre para ele que o caminho não é fácil mesmo não, mas que com paciência ele passará dessa fase na hora certa.

Pare de querer sair da faixa branca rápido!

Não há nada melhor que pegar uma folha de papel em branco, sem machas, sem rabiscos! Esse é o faixa branca, ele chega com a mente limpa pronto para absorver conhecimento, tudo que você jogar nele ele vai absorver. É muito melhor moldar atleta sem vícios do que consertá-lo para que aprenda as coisas da maneira correta. A faixa branca é uma das melhores fases da sua vida no Jiu Jitsu, mesmo que não entenda isso agora. Quando tiver lá na frente provavelmente vai se arrepender se não tiver aproveitado muito bem cada estágio seu e cada faixa dentro do Jiu Jitsu!

Por que a faixa branca é uma das mais importantes no Jiu Jitsu?

Se você tiver uma base forte, as outras faixas serão mais aproveitadas do que se você “comer etapas”.  A preocupação de passar para a faixa seguinte jamais deve ser maior que a fome pelo aprendizado, adianta você colorir a faixa que está na sua cintura para se sentir mais respeitado ou para se gabar nas redes sócias? É bem provável que se frustre. Etapas existem para que cheguemos mais forte nas próximas, por mais que existam faixas brancas cascas grossas eles devem passar por todas as etapas para que chegue na faixa azul muito bem e de acordo com o que a faixa pede.

Tudo o que é essencial no Jiu Jitsu você vai aprender na faixa branca como rolamentos, fugas de quadril, levantadas técnicas, regras básicas, golpes básicos e isso que aprender durante esse período você usará pelo resto de sua vida dentro da Arte Suave, eis a importância do faixa branca. O dia em que não tivermos faixas brancas dentro do nosso esporte ele poderá acabar, pois a base de nossa pirâmide são aqueles que estão chegando. Esse ciclo nunca pode acabar!

Quer afiar suas técnicas e se tornar um grande lutador?

Tudo dentro do Jiu Jitsu se resume à técnicas por mais forte que você seja, uma hora sua força irá acabar por isso a técnica deve estar muito afiada. E para isso você pode contar com a ajuda do BJJFANATICS!!

Nosso site traz para você um verdadeiro arsenal de técnicas para acrescentar e revolucionar o seu jogo. E contamos com a ajuda dos maiores especialistas no esporte que ensinarão todos os segredos de suas técnicas para que assim como eles você se torne um campeão. Pega Leve , Fábio Pinheiro e Lucas Lepri fazem parte do nosso time de campeões e vão te ajudar no seu caminho até o sucesso!!

Não perca mais tempo e adquira logo o seu!!!

A CIÊNCIA DA PASSAGEM DE GUARDA COM LUCAS LEPRI (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

EXORCISTA COM FABIO PINHEIRO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 DERRUBOU, PASSOU & FINALIZOU SEM KIMONO COM FABIANO PEGA-LEVE SCHERNER (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

Marcadores