X Close
Your Cart
Keep Shopping
Perdeu Um Campeonato De Jiu Jitsu? Lamente-Se Ou Corra Atrás Do Prejuízo!

Perdeu Um Campeonato De Jiu Jitsu? Lamente-Se Ou Corra Atrás Do Prejuízo!

Se você também é um fanático pelo Jiu Jitsu assim como nós e gosta de participar de competições provavelmente você já teve que lidar com a derrota. Esse é um dos momentos mais críticos da carreira de um lutador.

Lidar com o fracasso, com as opiniões alheias, com a falta de motivação para continuar, mas esse momento também diferencia os homens dos meninos. Aqueles que se abalam com a derrota e preferem ficar na arquibancada e aqueles que batem a cabeça até alcançar o que almeja.

Você tem dois caminhos a seguir. É claro que a sensação de decepção perdurará por algum tempo, mas pense bem... É melhor chorar em casa ou chorar treinando? Ficar em casa, sem treinar só vai afirmar que você não está pronto para ser um vencedor, porque ser um campeão vai além de troféus e medalhas, tem mais haver com um estado de espírito do que propriamente com um título ou um pedaço de metal pendurado no pescoço.

A frase mais certa é hoje você está campeão de determinado campeonato em determinada federação e categoria de peso, mas amanhã você pode não estar mais por n’s motivos. E o fato de não continuar campeão e ter aparecido alguém que te superou te desqualifica ou faz você ser menos guerreiro do que o outro? É claro que não e o fato que comprova isso são que os até mesmo os grandes campeões tem seus dias de derrota, sabemos que existem milhares de bons lutadores de faixa preta, mas em determinado ano apenas um deles será o campeão mundial absoluto, isso significa que os outros são ruins? É claro que não, o único motivo para esse fato acontecer é que só existe um ganhador e nada mais e naquele momento a técnica de um superou a do outro.

Quando você perde determinada competição é normal você ficar para baixo, desmotivado, você passa a não acreditar tanto em você, e isso vai passar desde que você lute contra essas forças negativas que tentaram invadir sua mente. Esse deve ser o momento que você deve trabalhar com mais afinco e dedicação, focar nos seus erros e naquilo que faltou para que você alcançasse o lugar mais alto do pódio. Isso vai amadurecer você como pessoa e como atleta, o mundo nem sempre será bonzinho com você, ele não é seu pai ou sua mãe para fazer suas vontade se você fizer um birra, ele vai te empurrar, jogar você no chão e vai pisar em cima de você, pra depois ver a sua capacidade de se reerguer e tentar outra vez.

Fazer-se de coitado não vai te ajudar a ficar bom no seu esporte, o que faz você ser uma fera é trabalho duro e dedicação e não choro e lamentações. Você pode até chorar, mas que seja de tanto treinar! Perder campeonatos faz parte e isso não te faz melhor ou pior do que ninguém.

Perdi um campeonato o que fazer agora?

É simples volte a fazer o que sempre fez, treine todos os dias, faça sua preparação física, alimente-se da melhor forma que puder descanse quando necessário e procure se doar um pouco a mais do que já se doava e os resultados virão. Esse não vier? Volte e faça de novo só que dessa vez ainda melhor do que da primeira vez. E assim você vai se forjando como um campeão, a mente deve ser a primeira adversária a ser vencida, porque ela sim pode de derrotar antes mesmo de entrar na área de luta.

Se você ficar choramingando, você se torna fraco, as pessoas vão sentir pena e você também sentirá pena de si mesmo e não é isso que queremos. Não estamos dizendo para você se contentar com a derrota e pensar “ ahh perdi tudo bem fazer o quê?”, pelo contrário você deve pensar “ Por que perdi?”, “onde errei?”, “onde estou falhando?”  O que posso melhorar para a próxima vez?” E aí que a magia acontece, você começa a entender que os percalços sempre existirão e que nem sempre você estará no topo, mas se continuar caminhando cedo ou tarde sua vez chegará e quando ela chegar você vai entender a importância de se comprometer com seus objetivos.

Você não será campeão se você se dedicar às vezes, ou só as vésperas da competição! A constância deve ser a palavra chave do seu dia a dia, se você estabelece suas prioridades fica difícil de alguém vir tirar seu foco!!

Coloque em sua cabeça que o campeão nem sempre é aquele atrás da medalha e sim aquele que vive como um, que acorda cedo, cumpre suas obrigações, não reclama, não se lamenta e que todo dia busca um degrau a mais para sua evolução.

O atleta só não pode ser acomodado e achar que o que já sabe está bom. Ele precisa se reinventar, buscar coisa novas, aprimorar sua posições, conhecer detalhes diferentes, e o mais importante sempre ESTUDAR SOBRE O JIU JITSU!!!

A arte suave está em constante mutação e se você não acompanhar a evolução da mesma certamente você ficará para traz. Jake Mackenzie é um atleta a se inspirar, ele é um representante da GF Team umas das maiores academias do Brasil com renome mundial que é conhecida por ter excelentes passadores de guarda como Rodolfo Vieira e Patrick Gaudio. E mesmo tendo tudo para se frustrar ele se manteve no objetivo de ser guardeiro e desenvolveu um jogo muito eficiente por baixo a partir de uma posição não tão usual: a meia guarda invertida, a partir daí ele conseguia surpreender seu oponentes até mesmo os passadores mais cascas grossas.

Mas isso não ocorreu num piscar de olhos ele teve que se dedicar e estudar para chegar onde chegou e hoje você terá a oportunidade de aprender com ele seus maiores segredos!!

Junto com a equipe do BJJFANATICS preparou um curso completo com seus maiores segredos da meia guarda e você vai aprender tudo sem sair da sua casa, vai revolucionar seu jogo e de quebra surpreender todos seus oponentes. E não para por aí tem muito mais feras no nosso time como Rodolfo Vieira e Fabiano Pega Leve .

Não perca tempo e venha conferir nosso conteúdo!!

O MANUAL DA MEIA GUARDA INVERTIDA COM JAKE MACKENZIE (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

DERRUBOU, PASSOU & FINALIZOU SEM KIMONO COM FABIANO PEGA-LEVE SCHERNER (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

O DOMÍNIO DO JIU-JITSU AMASSE, PASSE E FINALIZE POR RODOLFO VIEIRA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

 

 

Marcadores