A Polêmica Dos Rituais De Graduação No Jiu Jitsu

A Polêmica Dos Rituais De Graduação No Jiu Jitsu

Esta semana um vídeo movimentou as redes sociais, e causou grande revolta no mundo do Jiu Jitsu. Cada academia tem seus costumes para comemorar a graduação dos membros de sua equipe. No entanto algumas dessas “comemorações”  extrapolam o limites  do aceitável e acabando por colocar a integridade física dos praticantes em risco.

 No polêmico vídeo dá a entender que é um ritual de graduação onde um graduado encaixa um estrangulamento no parceiro de treino e não solta em quando ele não perde os sentidos, após ele “apagar” já o trazem de volta a consciência e mesmo antes que ele possa se restabelecer já o pegam de novo para rolar.

Os questionamentos diante dessas cerimônias não são recentes. Temos também a eterna controvérsia acerca do corredor polonês. Para quem não sabe esse é um ritual onde o aluno que será o novo graduado passa em um corredor humano formado por outros praticantes e esses lançam “faixadas” nas costas do novo graduado.

O grande Mestre Fabio Gurgel já se posicionou diante desse ritual dizendo que é umas das ideias mais “terríveis” que já teve e uma das coisas que mais se arrepende de ter disseminado no Jiu Jitsu “Eu talvez tenha sido um dos professores que mais erraram no Jiu Jitsu desde que comecei a dar aulas aos 15 anos de idade, já errei em não entregar uma boa aula ao meu aluno por não entender o que ele precisava, já errei ao exagerar no aquecimento e exaurir meus alunos antes mesmo do treino começar, já errei em querer que as coisas fossem sempre do meu jeito (afinal eu era o professor) entre tantos outros, porém talvez o meu maior erro e que deve ter me custado centenas de alunos foi o corredor polonês” disse Fábio.

Quer saber mais sobre o corredor polonês? Confira aqui um post completo sobre essa questão.

Além do corredor polonês e do ritual de apagar os alunos já tivemos também o conhecimento de quedas absurdas e contínuas que são dadas repetidamente nos praticantes que estão sendo graduados. Esse comportamento é perigoso principalmente em alunos menos experientes que ainda não sabem amortecer devidamente uma queda aplicada, podem gerar sérias lesões nele.

Existem os alunos que gostam dessas práticas e outros que abominam. Temos que compreender que o tatame é um local que atrai o mais diverso público pelos mais variados motivos, tem pessoas mais extrovertidas que não ligam para essas coisas e até acham “maneiro” participar e outras que já são mais sérias, isso deve ser levado em consideração pois um ritual que possa ser vexatório ou que possa ser lesivo á saúde do praticante não condiz com os princípios e ensinamentos do Jiu Jitsu e essas práticas que são perigosas deveriam ser abolidas.

Em relação ao corredor polonês, já sabemos que alguns lugares não permitem essa prática, no entanto ainda existem academias que têm esse costume o mais importante é que o aluno expresse sua vontade se quer ou não participar dessa cerimônia e que em nenhum momento ele seja coagido e nem ridicularizado por não querer participar. Isso é uma questão de escolha e deve ser respeitada.

Época de graduação é tempo de comemoração, felicidade, de sentimento de dever cumprido, não para se tornar algo desagradável. A filosofia do Jiu Jitsu se baseia no respeito, companheirismo e na disciplina.

O Jiu Jitsu vai muito além de aprender movimentos e técnicas de luta, ensina comportamento e ajuda na formação dos atletas como humano, onde ele deve aprender a respeitar seus companheiros de treinos, os mais graduados assim como os demais integrantes da sua academia.

Como o passar do tempo aquele rótulo de que Jiu Jitsu era um esporte ligado a violência está caindo por terra, hoje a arte suave está sendo praticada por pessoas de várias idades e os mais distintos tipos de personalidade. Cerimônias como essa não acrescentam nada na vida do aluno, pode até ser um marco euma representação de passagem para um nível acima, mas como praticante de Jiu Jitsu não agregará valores.

Fabio Gurgel disse ainda que substituiu o corredor polonês pelo exame de faixas, além de ser uma maneira de engrandecer o aluno ajuda a promover nosso esporte, avaliando aquele que está para ser promovido para comprovar que ele esteja tecnicamente apto e também com o comportamento adequado à nova faixa.

O objetivo do Jiu Jitsu ultrapassa as barreiras do tatame desenvolve a disciplina, ensina pontualidade, ética de trabalho. Um mestre deve buscar impactar a vida das pessoas a sua volta de maneira positiva ensinado valores e disseminando sempre coisas boas, ele influi diretamente na formação de seus alunos como pessoa. E permitir atitudes violentas dentro do tatame pode descredibilizar e sujar a imagem de um esporte que quem pratica sabe o quão bonito é, e quantas vidas ele pode mudar.

Jiu Jitsu é uma filosofia de vida. Ensina o domínio do corpo, mas também o domínio da mente, onde aquele que tem a chance de utilizar esse esporte para disseminar os ensinamentos da artes marcais jamais devem permitir que exist uma imagem delas ligada a violência independe de qual seja ela.

Lutamos muito para que nosso esporte seja valorizado e coisas que mancham o nome do nosso amado BJJ não devem ser permitidas.

Graduação na sua academia está chegando?

Independente da maneira que é comemorado a troca de faixa o mais importante é que ela seja feita de maneira sensata e com os critérios adequados de promoção dos alunos. Já sabemos que com a nova faixa vem mais responsabilidades e o aluno para estar de acordo com ele deve estar com o nível técnico em dia.

E para isso o BJJFanatics preparou um excelente conteúdo que conta com a presença dos maiores nomes do esporte que ajudarão a dar um  “upgrade” nos seus treinos e a revolucionar suas técnicas.

Nesse time de gigantes temos nomes como Jake Mackenzie, a fera da GF team que conquistou muitos títulos com sua meia guarda invertida infalível e também um curso sinistro voltado para a Kimura com o imbatível Robson Mau Mau. E tem muito mais.....

Não perca tempo adquira logo o seu e surpreenda seus adversários!!!!

O MANUAL DA MEIA GUARDA INVERTIDA COM JAKE MACKENZIE (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

A KIMURA DO “MAU-MAU” - A KIMURA COMO UM ESTILO DE LUTAR JIU-JITSU (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

Marcadores