X Close
Your Cart
Keep Shopping
Confira Tudo Sobre A Fera Do Jiu Jitsu Representante Da Atos, Andy Murasaki

Confira Tudo Sobre A Fera Do Jiu Jitsu Representante Da Atos, Andy Murasaki

Conversamos com o novo talento da equipe Atos,essa que por sua vez é liderada por André e Angélica Galvão, celeiro de muitos campeões, Andy coleciona diversos títulos importantes ao longo da carreira, é considerado por muitos um dos melhores lutadores da atualidade, com exclusividade nos conta um pouco sobre sua trajetória no Jiu Jitsu, sua adaptação e expectativa para o ano de 2019, confira:

BJJFANATICS: Você poderia nos falar um pouco mais sobre quando começou no Jiu Jitsu, onde treinava, se desde o início já gostava de competir, se tinha alguma pretensão em viver do esporte, nos fale um pouco sobre o seu início por favor.



"Lutei meu primeiro campeonato com 2 meses de treino. Eu tinha apenas uma luta e perdi essa luta, mas alguns meses depois lutei meu segundo campeonato onde fiz 3 lutas, a final eu lutei com o garoto que eu tinha perdido anteriormente e consegui vencê-lo por finalização, nessa hora eu me apaixonei pelo esporte, desde então eu já sabia que queria viver do Jiu Jitsu."



BJJFANATICS: Poderia nos falar um pouco dos seus títulos mais relevantes pra sua carreira, e dos campeonatos que talvez você não tenha vencido mas gostou muito de lutar no evento.


"Quando ainda era Juvenil fui Campeão Mundial no Peso e no Absoluto e Campeão Europeu na Faixa Azul, também fui Campeão PanAmericano pela IBJJF e Campeão do World Pro pela UAE. Esse ano de 2018 foi o meu primeiro ano de adulto e também de Faixa Roxa. Fui Vice Campeão PanAmericano e 3º colocado no Campeonato Europeu. Também lutei o World Pro em Abu Dhabi e o Mundial na Califórnia pela IBJJF, onde perdi ambos na primeira luta, foi um choque. Meus primeiros 6 meses de adulto roxa não foram os melhores, após isso consegui vencer o GrandSlam de Tokyo e de Los Angeles, também fui Campeão PanAmericano Sem Kimono, e Campeão Mundial Sem Kimono recentemente, onde fiz 5 lutas e finalizei todas."



"Um campeonato que eu não venci mas gostei muito de ter a oportunidade de participar foi o Spyder Invitational Championship, que aconteceu no começo desse ano na Coreia do Sul. O evento é muito profissional e tratam os atletas super bem, eu com certeza participaria novamente se surgisse a oportunidade."

Leia Mais Sobre Jake...


BJJFANATICS: Nos fale um pouco mais sobre a sua ida pros EUA, quando você decidiu que era a hora de sair do Japão e se aventurar em solo americano? E como foi sua adaptação?

"Eu morava no Japão antes de ir para os EUA. Meu primeiro campeonato internacional foi o Campeonato Europeu em 2016. Desde então eu já sabia que eu tinha que sair do Japão e ir para os EUA. Não apenas porque lá eu teria melhor treino, mas principalmente porque nos EUA temos mais mídia e oportunidades para o Jiu Jitsu."



"Eu me mudei para os EUA quando tinha ainda 16 anos, e no começo foi bem difícil a adaptação, não falava nada de inglês e não entendia nada também, nem as aulas de Jiu Jitsu eu conseguia entender direito, mas hoje 2 anos depois, posso dizer que já estou adaptado aos EUA e que gosto de morar aqui."

BJJFANATICS: Como é a sua rotina de treinos, sua suplementação? Você faz algum treino fora do Jiu Jitsu? Você também trabalha ou apenas se dedica integralmente ao Jiu Jitsu.

"Minha rotina de treinos varia muito, tudo depende de como estou me sentindo, mas geralmente faço de 2 a 3 treinos por dia, sendo 2 treinos de Jiu Jitsu e 1 de Musculação, ou 1 treino muito intenso de Jiu Jitsu e 1 de Musculação. Em relação aos suplementos eu acho muito válido e importante para nós atletas, eu utilizo muito o Polivitaminico, é a única coisa que não eu deixo faltar no meu dia a dia."


OS SEGREDOS DA MEIA GUARDA TESTADA E APROVADA DE BERNARDO FARIA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI


"Graças ao suporte da minha família e dos meus professores André e Angélica Galvão, tenho conseguido me dedicar totalmente ao Jiu Jitsu, mas sempre que tem algum campeonato valendo dinheiro, eu tento lutar, eu também trabalho em alguns campeonatos para fazer uma grana extra, não é fácil."



BJJFANATICS: Nos fale um pouco da sua expectativa para o ano de 2019, e quais campeonatos deseja participar, você tem alguém em quem se inspira no Jiu Jitsu?


"Apesar de 2018 não ter sido bom ano, minhas expectativas para 2019 são muito boas! Vamos ver no que vai dar, pretendo lutar o Campeonato Europeu, PanAmericano, e o Campeonato Mundial pela IBJJF, além do World Pro em Abu Dhabi. Meu foco por enquanto são esses 4 campeonatos."



"Eu me inspiro muito no André Galvão, sempre assisti os vídeos dele, mesmo antes de entrar para equipe, depois que me tornei Atos pude conviver no dia a dia com ele e me inspirar mais ainda. Também tenho vários outros atletas em quem me inspiro no Jiu Jitsu, como os irmãos Mendes, Jonathan Torres, Lucas Lepri, Caio Terra e Fernando Terere, e também o Leandro Lo."


Andy que por sua vez tem um estilo de jogo muito parecido com Marcos Tinoco, adepto a Guarda Laçada onde trabalha com muita tranquilidade, sempre raspando ou finalizando os melhores lutadores da atualidade, Marcos disponibilizou um curso onde mostra com detalhes diversas finalizações e raspagens partindo da Guarda Laçada, se você lutador quer ter esse leque de possibilidades não perca essa oportunidade! Compre agora o Curso de Guarda Laçada e surpreenda qualquer adversário com essas técnicas.


O ESPECIALISTA DA GUARDA LASSO (GUARDA LAÇADA) COM MARCOS TINOCO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

 

Marcadores