Jiu Jitsu No Combate À Violência Contra A Mulher

Jiu Jitsu No Combate À Violência Contra A Mulher

Quem também é um fanático por Jiu Jitsu assim como nós sabe que a filosofia do nosso esporte é totalmente contraria a violência, a arte suave preza a disciplina e o respeito para com o próximo. Apesar de ser uma arte marcial onde muitos a praticam apenas por hobby, os praticantes também podem usá-la como ferramenta de defesa pessoal.

Não só no Brasil como no mundo todo, as taxas de violência só aumentam e as principais vítimas dos agressores são as mulheres, já que num ponto de vista biológico são consideradas mais “frágeis” do que um homem, as tornando um alvo mais fácil.

Na realidade não são só as mulheres que precisam aprender técnicas de defesas pessoais porque todos nós estamos suscetíveis a sermos vítimas de agressões, nos dias atuais saber defesa pessoal pode salvar a sua vida ou a vida das pessoas que ama em uma situação de risco.

Sabemos que não devemos reagir a certas situações, porém a casos em que não há outro recurso a não ser “bater de frente com um agressor”.

Por que as mulheres devem treinar Jiu Jitsu?

Atualmente os dados de violência contra as mulheres são assustadores, com os mais variados tipos de agressão físicas e verbais, assédio, estupro, espancamentos e muitas das vezes as agressões não ocorre na rua, mas muitas das vezes ocorre no lugar onde elas deveriam se sentir mais seguras, dentro da própria casa, por aqueles que pertencem a sua família que deveriam amá-las e protegê-las e ao contrário só causam dor e sofrimento.

É bem provável que você já tenha conhecido alguma mulher que foi vítima de violência. Só no Brasil a cada hora mais de 500 mulheres sofrem algum tipo de agressão e quase metades das mulheres acima dos 16 anos já sofrem algum tipo de assédio. Isso é totalmente inaceitável.

Sim os dados são alarmantes, porém se elas tivessem a oportunidade de saber se defender a realidade de muitas poderia ser bem diferente.

Porém o conceito tem mudado, mas ainda há muita resistência quando se fala em mulheres nas artes marciais e muitas vezes o preconceito vem por partes delas mesmas.  Umas acham que isso não é coisa de menina, que vão ficar musculosas e masculinizadas, ou então que podem se machucar e que defesa pessoal é uma bobagem.

O agressor sempre procura a presa mais fácil e mais vulnerável, mulheres que praticam lutas tem uma postura diferente, andam mais seguras e são mais auto confiantes o que pode inibir a ação dos possíveis agressores.

Claro que uma mulher não vai sair por aí distribuindo berimbolo e fazendo de la Riva no meio da rua, essas são técnicas utilizadas em combate dentro de competições de Jiu Jitsu e que por sinal são muito eficientes.

Prova disso são ao reis do berimbolo: Os Irmãos Miyao,que com sua técnica sanguinária de ir para as costas vencem inúmeros campeonatos e tem em sua carreira vários títulos importantes.

Leia Mais Sobre os Miyao...

Entretanto muitas técnicas que aprendemos dentro do Jiu Jitsu que também são utilizadas nos treinos podem ser extremamente efetivar para frear um possível assédio ou agressão. Um exemplo clássico são os estrangulamentos e o triângulo. Na maioria dos casos o agressor buscar jogar a vítima no chão para contê-la e ter um domínio sobre ela.

Quem já é familiarizado com o triângulo sabe que para efetivá-lo e preciso um braço e um pescoço, que passado algum tempo irá cortar a oxigenação no cérebro de quem está recebendo o golpe, no caso de uma possível agressão se a vítima aplicá-lo poderá “apagar” o agressor e terá chances de fugir para pedir ajuda.

O triângulo é um dos golpes mais usados pela fera Rodrigo Cavaca. Com o ajuste certo não há quem resista a esse golpe!

Leia Mais Sobre Cavaca...

O Jiu Jitsu criado por Hélio Gracie tinha o objetivo de dar chance aos mais fracos de vencer o seu oponente, mesmo que ele fosse bem maior e mais pesado. Sendo perfeito para as mulheres uma vez que elas aprendem a como explorar o ponto fraco do agressor para sair de uma situação de risco e escapar do criminoso.

Os benefícios do Jiu Jitsu para as mulheres transcendem a defesa, melhora o corpo e trabalha a auto estima da mulheres.

Conheça outros benefícios do Jiu Jitsu para mulheres além da defesa pessoal

Diminui o estresse

Assim como qualquer atividade física o Jiu Jitsu tem a capacidade de aliviar o estresse de seus praticantes, já que atuam diretamente na produção de endorfina que é hormônio do bem estar.  Durante o treino a mente está concentrada nas técnicas e nos movimentos não dando chance para o mau humor.

Trabalha auto estima e a confiança

É automático, quando uma pessoa começa a praticar uma arte marcial, ele se sente mais confiante, sua postura muda, seu jeito de falar e ela aprende a lidar com situações complicadas no dia a dia.

Auxilia no emagrecimento

Essa é a parte que as mulheres mais gostam e pasmem em apenas uma aula de Jiu Jitsu com uma duração de pouco mais de uma hora o praticante pode perder de 500 até 1000 calorias. E com o passar do tempo começa a gostar da arte e o perder peso não se torna o foco principal será apenas a consequência.

Muda os Hábitos

Ao começar a treinar e conviver no ambiente com outras pessoas que buscam a todo o tempo melhorar sua saúde, a pessoa passa a se alimentar melhor e pode até abandonar os maus hábitos que afetam a sua saúde como bebidas alcoólicas e tabaco.

Jiu Jitsu não é só para os homens, as mulheres estão ganhando cada vez mais espaço dentro do tatames e das competições e prova disso é a sinistra Thamires Aquino que é uma verdadeira guerreira dentro do Jiu Jitsu e junto com a equipe do BJJFANATICS preparou um curso muito especial onde conta todos os segredos de sua temida guarda aranha e mostra que lugar de mulher é onde ela quiser!!!

Venha logo conferir!!

OS TRUQUES DA GUARDA ARANHA COM THAMIRES AQUINO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

Marcadores