Você Sabe Como Surgiu O Kimono Que Usamos Todos Os Dias Nos Treinos De Jiu Jitsu?

Você Sabe Como Surgiu O Kimono Que Usamos Todos Os Dias Nos Treinos De Jiu Jitsu?

Os guerreiros usavam armaduras de metal quando ia travar grandes batalhas e nós guerreiros modernos das artes marciais também usamos nossas armaduras de guerra, só a que a nossa é feita com tecido e a chamamos de kimono.

A cultura oriental está entranhada pelo mundo e a todo o momento nos deparamos com a cultura nipônica, seja na culinária, na filosofia zen dos budistas, nos jogos e desenhos e é claro não poderia faltar, nas artes marciais. Já sabemos,por exemplo, que o Judô que foi criado por um japonês chamado Jigoro Kano e esta arte teve grande influência para a criação do Jiu Jitsu que conhecemos hoje.  

A palavra Kimono ou Quimono também tem origem japonesa, é um tipo de roupa usada pelos japoneses que significa ki (vestir) e mono (coisa), ou seja, coisa para vestir. E para nós remete a ideia de roupa utilizada dentro do tatame para praticar artes marciais, que é um tipo de roupa específica chamada “keikogi” que significa keiko( treinamento) gi (roupa) na tradução literal seria roupa de treinamento.

Nas artes marciais ele leva diversos tipos de nomes, por exemplo, no caratê são chamados “karategi”, no aikidô, “Aikidogi” e no judô, “Judogi”. A maior diferença esta na composição da peça e nas costuras visando a necessidade de facilitar os movimentos utilizados em cada arte marcial.

Os kimonos de artes marciais são compostos de calça, blusa e uma faixa. A faixa traz a graduação do praticante como forma de identificá-lo.

Kimono específico para o Jiu Jitsu como surgiu?

Durante muitos anos os kimonos de judô eram usados na prática do Jiu Jitsu e foi por volta de 1980 que o “wagi” que é a parte de cima do judogi e o “shitabaki” que é parte de baixo da vestimenta deram lugar ao paletó e a calça nomes que são utilizados para identificar as partes do kimono de Jiu Jitsu de acordo com a CBJJ ( Confederação Brasileira de Jiu Jitsu ).

Mas a história da adaptação da vestimenta que conhecemos hoje se deu graças a Afonso Camerotte de Lacerda e Silva, mas conhecido como “Viking” por causas de suas densas barbas. Afonso conta que ele e seu pai trabalhavam no ramo de confecção e que hora e meia alguém pedia para consertar um kimono que rasgou ou então pedia para ajustar um pouco mais a peça ao corpo.

Foi ai que apareceu a ideia de começar a fabricar kimonos próprios para a prática do BJJ.

Os kimono de Judô eram mais grossos e possuíam saias que sempre rasgavam com determinados movimentos usados no Jiu Jitsu, as principais mudanças que concretizaram a transição do judogi para o atual kimono usado no BJJ foram: o paletó passou a ser trançado sendo assim mais resistente que o anterior, as mangas que eram muito largas passaram a ser mais justas, também eliminou-se uma costura no meio das costas que incomodavam muito o atleta que ficava em baixo com as costas ao solo. Já na parte de baixo do kimono ela era mais assentada ao corpo e havia um grande reforço na parte da virilha evitando assim que elas rasgassem no meio das pernas por causa dos movimentos.

Os kimonos utilizados no judô tinham um tecido bem mais grosso e também eram muito pesados, no de Jiu Jitsu tinha um reforço apenas nas partes mais pronpensas a rasgar e ficava mais adequado ao corpo do atleta facilitando e dando mais liberdade para a execução dos movimentos.

Com o passar do tempo houve a normatização em relação às medidas dos kimonos de acordo com as regras da CBJJ. Já que muitos praticantes queriam os kimonos super justos para dificultar a vida do adversário que não conseguiria fazer pegadas.

Nosso kimono, assim como nosso corpo, é nossa ferramenta de trabalho e por isso temos que ter muito zelo e cuidado com ele em respeito ao nosso tatame, mestre e amigos.

Dicas para cuidar do seu kimono

1)Nunca treine com o kimono sujo

Treinar com kimono limpo além de uma questão de higiene é sinal de respeito com o seus amigos e companheiros de treino, não a nada mais desagradável do que treinar com uma pessoa com o kimono fedido que parece com uma mistura de “cheiro de cachorro molhado e chulé.”

2) Lave seu kimono a cada treino

O suor é um grande inimigo do tecido O suor é acido uréico, ou seja, corrosivo, é seu kimono além de ficar fedido ficará propenso a rasgos.

3)Nunca use alvejante para lavar seus kimono ainda que brancos

Não utilize cloro ou alvejantes em nenhuma hipótese, usar esse tipo de produto enfraquece as fibras do tecido ficando mais suscetíveis á rasgos além de diminuir a durabilidade do seu kimono.

4)Como secar o kimono

Jamais coloque seu kimono para secar no sol, ele deve secar a sombra, o sol tem a capacidade de enrijecer as fibras do tecido, além de encolher o tecido com mais facilidade.

5)Lave os kimonos coloridos do lado avesso

Tendo esse habito ajuda a evitar que o kimono desbote com mais facilidade. Além de limpar melhor a parte interna que fica em constante atrito com a pele.

6)Utilize água fria na lavagem

A água quente pode fixar a sujeira e manchas de sangue além de deixar o kimono propenso a encolhimento.

7)Não dobre ou guarde o seu kimono suado

Isso prejudica o tecido além de ajudar na proliferação de bactérias.

8)Não utilize secadoras

Evite utilizá-las para secar seus kimonos elas podem encolher seu kimono.

9) Quanto mais kimonos melhor

Procure adaptar a quantidade de seus kimonos com seu volume de treino semanal, tenha no mínimo dois para que possa intercalar e sempre ter um kimono limpo enquanto o outro está lavando.

Cuide de seu kimono pois ele é seu fiel escudeiro.

Quer melhorar seu Jiu Jitsu

Você não aguenta mais tomar sufoco nos treinos, e levar carro de menos graduados? Precisar aumentar seu leque de técnicas e afiar aquelas que já sabe? Não se preocupe que nós ajudaremos nessa parte.

O BJJFanatics traz para você o melhor conteúdo de Jiu Jitsu, nosso site conta com os melhores cursos com aulas ministradas pelo maiores atletas da atualidade como  Cláudio Calasans, o matador de gigantes e Eduardo Telles e sua guarda tartaruga infalível. Com essas feras você vai se tornar um grande lutador de Jiu Jitsu e poderá surpreender seus adversários.

Não perca mais tempo e venha conferir!!

MATADOR DE GIGANTES POR CLAUDIO CALASANS (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

TUDO SOBRE A GUARDA TARTARUGA COM EDUARDO TELLES

COMPRE AQUI

Marcadores