Os 6 Principais Requisitos Para Ser Um Passador Dentro Do Jiu Jitsu

Os 6 Principais Requisitos Para Ser Um Passador Dentro Do Jiu Jitsu

O Jiu Jitsu é basicamente dividido em 2 grandes grupos, os guardeiros e os passadores. Inevitavelmente, com o passar do tempo, todos nós descobrimos onde nos sentimos mais á vontade, se é por cima ou por baixo.

O momento em que seremos intitulados de “guardeiro” ou “passador” depende de sua prática e de sua afinidade com as posições, essa descoberta pode ocorrer durante durante um rola, ou simplesmente tendo mais facilidade com as técnicas aprendidas por cima ou por baixo.

Guardeiros

Dentro das academias, ao observar os primeiros rolas, percebemos que há sempre aquele cara de “borracha” que ninguém consegue transpor a sua guarda, são pessoas que por mais que sejam dobrados, amassados e embolados sempre conseguem “dar seu jeito” e manter sua guarda ativa sem tomar os 3 pontos, fazendo parecer fácil fazer guarda.

Geralmente os mais leves e os mais altos escolhem ser guardeiros, isso ocorre devido á algumas características que favorecem o atleta a fazer guarda, como maior flexibilidade, possuírem o quadril mais solto, assim como pernas compridas, fatores esses facilitadores na vida dos guardeiros.

"Os irmãos Miyao, são ótimos exemplos de excelentes guardeiros no Jiu Jitsu"

Leia Mais Sobre os Miyao...

Existem infinitos tipos de guarda, aranha, laçada, De la Riva, meia guarda, guarda X, fechada, aberta, meia guarda profunda , one leg, 50/50, guarda tornado, com lapela , etc... E a cada dia inventam novos e novos estilos, adaptando sempre ao biótipo e estilo de cada guardeiro.

O guardeiro deve ser sempre um bom estrategista, afinal ele precisa saber o tempo certo para se arriscar e dar o bote certo durante a luta, sem se expor e dar brecha ao passador.

Passadores

Por outro lado, observamos também aqueles monstros que não tomam conhecimento da guarda de ninguém! Aqueles caras que tem uma pressão fora do comum e transpõe qualquer guarda.

Normalmente os passadores são pessoas mais fortes, ou pesadas e com menor estatura suas as principais características são: pressão, força, utilizar o peso ao seu favor e serem bem explosivos!

Passadores devem ser bem focados e determinados, além de possuir um ótimo condicionamento físico para bombardear o guardeiro e conseguir impor seu jogo chegando aos 100kg ou pegando as costas.

As características físicas podem ser o determinante se você será guardeiro ou passador, contudo não basta apenas se adequar ao biótipo dos guardeiros ou passadores. Para você ser um, passador temido não basta apenas ter o biótipo de tal.

Hoje listamos os principais atributos que não dependem do seu biotipo para que você seja um excelente passador dentro do Jiu Jitsu! CONFIRA!                             

1 - Ter uma base sólida

Inevitavelmente um passador deve ser um cara “duro”, não somente duro no sentido de ser casca grossa, mas também no sentido de ser uma pessoa difícil de ser raspada ou derrubada. Um passador deve saber distribuir seu peso de forma a se manter sempre “pesado” tanto nos momentos das passagens quanto nas trocas de quedas.

2 – Saber trocar quedas

Esse é um fator muito importante se você é passador. Não adianta você conseguir passar todas as guardas, se você não conseguir ficar por cima durante a luta. Seja por ter sido derrubado pelo seu adversário e ou então, porque permaneceu a luta inteira trocando pegadas sem conseguir colocar seu adversário para baixo.

"Rodolfo Vieira é considerado por muitos o maior passador de todos os tempos, o casca grodda da GF Team também é uma fera nas quedas, colaborando muto com seu jogo para sempre cair por cima."

Leia Mais Sobre Rodolfo...

Quando um passador encontra um guardeiro em um combate, ele se mantém tranquilo, pois sabe que em algum momento seu adversário irá te chamar para guarda e assim terá a oportunidade de fazer suas técnicas preferidas. Mas, o que fazer quando dois passadores se encontram, o que acontece?

O que tiver melhor jogo em pé estará na frente, porque  terá mais chances de colocar seu adversário de costas no chão e trabalhar suas passagens de guarda. Sendo assim, se faz necessário saber trocar em pé e ter quedas eficientes, para que se consiga sempre cair em suas posições favoritas.

3 - Ser determinado

Hoje em dia, parece que os guardeiros estão cada vez mais flexíveis e versáteis. Vemos guardas muito bem treinadas, guardeiros afiados e prontos para dar seus botes. Por conta disso, muitas vezes vemos os passadores desistindo de tentar passar temendo ser raspados ou finalizados.

 

"Bernardo Faria, além de um meio-guardeiro de respeito também tem grande habilidade em passar guardas. O Penta campeão mundial quando chega em sua posição favorita, a passagem de guarda over under, não é mais parado por ninguém!"

Leia Mais Sobre Bernardo...

Mesmo que seu adversário seja flexível, tenha o quadril solto ou tenha muitas armadilhas, se você não tiver coragem para se arriscar em transpor essa guarda, nunca irá conseguir chegar nos seus 100 kilos para dar um amasso nesse cara!

4 - Estar com o cardio em dia

As diferentes formas de passar uma guarda são basicamente dividas entre pressão ou giro, as passagens que exigem mais giro, naturalmente necessitam mais do cardio, contudo aquelas que são justas também exigem que o passador tenha que fazer aquela “forcinha” por cima exigindo assim “gás” do passador.

5 - Saber o mínimo por baixo

Imagine que você esteja em uma competição e vai lutar contra um judoca sinistro que põe todo mundo para baixo, você vai mesmo se arriscar a tomar uma queda? Ou então, já está lutando há 4 minutos e ninguém consegue colocar a luta para o solo, vocês dois já foram advertidos 3 vezes cada, você vai se arriscar a tomar a quarta punição? Ou ainda, a luta está 1 a 0  nas vantagens para o seu oponente, você já viu que não vai conseguir derrubá-lo....

Em todas essas situações assim como em tantas outras, como nos casos em que você for raspado, é sempre bom que você tenha o domínio mínimo por baixo com pelo menos algumas finalizações que você encaixe bem e também algumas raspagens que você sempre consegue levar. 

Além disso, um dia você será faixa preta e deverá saber jogas em todas as situações possíveis, uma das coisas mais feias no Jiu Jitsu é um graduado que só joga por cima ou só por baixo.

6 - Ter conhecimento técnico

Em tempos de berimbolo, guarda X, guarda laçada, De La Riva, fifty fifty e tantas outras, a cada dia que se passa os guardeiros inventam uma nova pegada e um novo ataque fatal. Sendo assim é preciso que os passadores acompanhe a evolução dos guardeiros, para cada tipo de guarda deve existir um antídoto, uma maneira de se passar.

"O Mestre Marco Barbosa é certamente um dos maiores entendedores de passagens de guarda do mundo, o casca grossa é capaz de destruir qualquer guarda que seja com suas passagens!" 

Leia Mais Sobre Barbosa...

Somente através do conhecimento técnico você desenvolverá seu jogo completo por cima e será capaz de transpor todos os tipos de guarda.

O BJJ FANATICS reuniu todos os conhecimentos dos melhores passadores de guarda do mundo! Isso mesmo!!! Rodolfo Vieira, Bernardo Faria e Marco Barbosa nos contaram todos os seu segredos, ajustes e detalhes que utilizam para transpor as mais complexas guardas do mundo!

Os cursos são acessados em nossa plataforma online e são divididos de uma forma super organizada e didática onde você conseguira aprender todo o conteúdo disponibilizado por essas grandes referências do Jiu JItsu!

 CONFIRA! 

 O DOMÍNIO DO JIU-JITSU AMASSE, PASSE E FINALIZE POR RODOLFO VIEIRA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

A ENCICLOPÉDIA DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM BERNARDO FARIA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 O MANUAL DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM MARCO BARBOSA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

 

Marcadores