Como O Judô Pode Turbinar Seu Jiu Jitsu?

Como O Judô Pode Turbinar Seu Jiu Jitsu?

Olá amigo praticante de Jiu Jitsu você já se perguntou se seria interessante treinar Judô para melhorar seu jogo em pé? Continue lendo esse post e descubra vantagens e algumas desvantagens da inserção do Judô dentro do jogo da arte suave.

Muitos atletas amantes da arte suave gostariam de praticar o esporte Judô para fortalecer a pegada, melhorar sua base para conseguir e efetuar uma queda e não precisar puxar a guarda, por não gostar de trabalhar por baixo ou ainda pelo simples fato de admirar e querer aprimorar sua luta em pé.


Realmente um jogo completo é o que a maioria dos lutadores desejam, mas o que enfrentam de dificuldade inicial é o custo de mensalidade e de tempo para isso. Todos sabemos que o Jiu Jitsu é um esporte das mais variadas classes econômicas, e para muitos o simples fato de pagar uma outra mensalidade já pesa bastante no orçamento mensal, logo, sempre empurramos para um dia poder praticar o Judô num futuro incerto. Nesse raciocínio similar, muitos praticantes não tem tempo para dispor para fazer duas modalidades de luta, que de certa forma, tem o receio de que no final não consiga render em nenhum dos dois. Outro motivo não menos verificado é que praticantes de Jiu Jitsu já bem graduados, não querem se propor a usar novamente uma faixa branca, ainda que seja de outra modalidade de luta.

Exposto alguns fatores negativos de maior incidência, partimos para os benefícios, para os atletas campeões como Cláudio Calasans e Marco Barbossa, os quais o BJJ Fanatics disponibiliza um verdadeiro arsenal de técnicas para nosso amigo leitor, o Judô fortaleceu seu rol de técnicas de combate, é uma modalidade que inspirou a criação do Jiu Jitsu pelos nossos Grandes Mestres Hélio Gracie e Carlos Gracie, os quais o tiveram como base.

Leia Mais Sobre Barbosa...

No tocante ao atleta iniciante e intermediário, muitos desses atletas que são mais pesados, não é uma regra, mas tem dificuldade de fazer uma guarda, por vários motivos, como mobilidade e adaptação, e durante suas combates, preferem não puxar para a guarda e segurar a luta o quanto pode na esperança do adversário puxar para a guarda primeiro, e eles daí, passarem, pois estão mais a vontade nesse aspecto. Logo vem o problema, projetar o adversário ao solo, que pode estar com o mesmo receio de puxar. Single Leg, Double Leg, golpes de varredura de perna, e nenhum sucesso. Com o resultado da luta, sendo o não esperado, nasce a vontade de aperfeiçoar o jogo em pé. Nosso campeão Rodolfo Vieira, enfrentou essas guerras e praticou o Judô, melhorando sua movimentação em pé, pegadas, posturas, com isso desenvolvendo uma gama maior de projeções, da categoria de Te-waza ( técnicas de uso da mão), Koshi-waza (quadril), Ashi-waza (técnicas de varredura de perna), e Sutemi-waza, (técnicas de sacrifício da postura), essa versatilidade trouxe ao Rodolfo um fator de efeito surpresa, onde o oponente não sabe de onde o ataque virá. Além disso, no seguimento do aperfeiçoamento da luta em pé, agora não falo do Judô somente, mas englobando o Jiu Jitsu, o atleta passa a ler melhor a postura do adversário, aplicando a queda mais benéfica de acordo com a situação, ou seja, não um há fechamento de visão, mas sim, um aumento de opções.

Leia Mais Sobre Rodolfo...

Mas e agora? Ainda com dúvida? Acredite num combate não há espaço para hesitação. Ora, se caso tiver uma oportunidade de treinar Judô, não perca tempo, encare esse desafio, o seu rendimento de Jiu Jitsu aumentará e voçê colherá os frutos num futuro breve e dará mais um passo ao conhecimento amplo e melhorando os resultados nas competições. Muitos atletas não fazem Judô e quando estão diante de um Judoca, já pensam na maioria dos casos de puxar o mais rápido possível. Todavia, tudo tem um “porém”. De que adiante você for excelente na trocação em pé, e o adversário puxar rápido para guarda? Como dito agora pouco. O problema de quedar estará bem solucionado, mas agora tem que passar. Por isso seja completo, passar a guarda parece e é óbvio, mas ter esta ciência será importante.

Veja bem outro fator, talvez mais importante que tudo dito até agora, num combate você pode ser muito bom de luta em pé, contudo, contudo seu adversário pode ser ótimo em quedar também. Então Acredite em você, conseguirá realizar a queda, ou como se fala no Judô, a projeção, mas pode ter um custo de energia física e mental enorme, e ser determinante na próxima luta, já que esse desgaste eventualmente será crucial. Podemos então estar diante do adversário que não espera ser puxado para guarda, algumas vezes ele sabe que ambos tem conhecimento de Judô, e por exemplo, numa puxada espetacular para meia guarda exatamente como o campeão Bernardo Faria executa de imediato a raspagem e passa na pressão. Veja bem, não que seja fácil raspar alguém, mas o que se quer dizer é que o adversário pode estar com um jogo aberto para essa estratégia, e ao movimento de raspagem e queda são atribuído os mesmos “dois” pontos. É preciso essa análise crítica, para as mais variadas situações que vão encarar no caminhar que é o Jiu Jitsu.

Leia Mais Sobre Bernardo...

Perceba que não há um critério absoluto, mas sim, a preferência para o conhecimento amplo e versátil. Fato é que Judô e Jiu Jitsu são modalidades diferentes, onde uma é benéfica no auxílio da outra. O lutador de jiu Jitsu tem postura diferente, pois se protege de entradas de singles e double legs, diante disso, luta com seu quadril a retaguarda, o que de imediato reduz as opções de queda de quadril, que são emblemáticas no Judô, além disso, numa entrada de queda mal sucedida, o adversário pode pegar as costas, e acabar a luta naquele momento, já que na tentativa de queda se expôs demais as costas ou não teve a energia e tempo corretos de entrada.

Então estude, não é só botar o kimono e “fechar os olhos”, procure as melhores ou mais adaptáveis técnicas para você. O mais importante é ser um atleta completo, saber quedar, passar, variações de guarda e inúmeras finalizações, o certo é que quanto mais completo for mais na frente estará.

 

Nós do BJJFANATICS disponibilizamos cursos de Jiu Jitsu de excelente qualidade, para você, sem precisar sair de casa, possa complementar seu aprendizado da academia e sair na frente. O conhecimento é fundamental! Não deixe de conferir nossas opções de Cursos, onde terá a oportunidade de aprender com grandes campeões do Jiu Jitsu.

Cláudio Calasans e Marco Barbosa são dois monstros que fazem parte do time do BJJFANATICS, que além de exímios lutadores de Jiu Jitsu são também conhecedores do judô. Venha aprender a versatilizar o seu jogo com os melhores!!!

MATADOR DE GIGANTES POR CLAUDIO CALASANS (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

O MANUAL DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM MARCO BARBOSA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

Marcadores