Jiu Jitsu Na Gravidez, Será Que Pode?

Jiu Jitsu Na Gravidez, Será Que Pode?

Há muitos anos atrás as mulheres grávidas eram tratadas como se estivessem doentes. Não era recomendado fazer atividades físicas e as grávidas deveriam fazer o mínimo de esforço possível. Com o passar dos anos, com o avanço dos estudos científicos e evolução na medicina esta concepção está mudando.

É claro que atividades de alta intensidade não devem e não precisam ser praticadas por mulheres no período gestacional, podendo trazer riscos a sua saúde e a saúde de seu bebê.

Um relatório encomendado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), relatou que os riscos de prática de esporte durante a gravidez são menores do que se pensava, pelo contrário há inúmeros benefícios, alguns já muito conhecidos como controle do ganho de peso, aumento da consciência corporal, prevenção da diabetes, da hipertensão gestacional, controle da ansiedade, diminuição dos índices de cesariana e prematuridade e  bem-estar  para o corpo e mente.

Geralmente existem muitas recomendações para que as futuras mamães que desejam se exercitar opte por exercícios leves como hidroginástica, caminhadas, ioga, pilates, enfim atividades que exigem pouco esforço da mãe.

No entanto o que muita gente desconhece é que já houve mulheres que continuaram sua rotina de treino e até participaram de competições relacionadas ao seu esporte durante o período da gestação. Como foi o caso de Isabel Salgado, ex-jogadora de vôlei e mãe de quatro filhos seguiu as recomendações tradicionais na primeira gravidez e parou de treinar e se dedicou ao período pré natal, mas nas outras, continuou treinando e até competiu.  Isabel sofreu duras críticas, mas suas gestações foram saudáveis e ela se sentia bem continuando a prática de seu esporte.

Isabel Salgado Grávida atuando pelo Flamengo

Outras mulheres determinadas continuaram suas vidas de atletas mesmo grávidas, no entanto é sempre recomendado que tenha acompanhamento e autorização médica para continuar a se exercitar, visto que cada gravidez tem sua particularidade e a saúde da mamãe e do bebê que estar por vir devem ser sempre a prioridade.

Mas e a arte suave pode ser praticada durante a gestação?

Apesar do nome “suave”, sabemos que não pode ser levado ao pé da letra, uma vez que há muitas quedas e os praticantes sofrem muita pressão na região abdominal durante os treinos.

Não é uma das atividades que seria recomendada por um médico para que fosse praticada por uma mulher grávida, ainda mais por leigos no Jiu Jitsu que não sabem como realmente funciona a arte e tem a ideia deturpada que é um esporte muito violento.

As lutas marciais tiram o estresse, queimam muitas calorias, melhoram o sistema cardiorrespiratório e não oferecem risco nenhum para o bebê quando realizadas com cuidado e algumas adaptações. O acompanhamento médico e a orientação de um profissional da educação física nesse processo são imprescindíveis, tanto para as mulheres que já eram ativas antes da gravidez como para aquelas mais sedentárias.

É claro que muitas coisas vão mudar nesse período de nove meses, o corpo da mulher sofrerá grandes transformações, seu humor será instável e é importante que ela continue fazendo aquilo que ela gosta. Os treinos não poderão acontecer da mesma forma de antes, mas houve casos que jiujiteiras grávidas foram liberadas para fazer o aquecimento e algumas posições mas nada que fosse prejudicial a ela ou ao bebê.

Kyra Gracie uma das mamães mais famosas do mundo do Jiu Jitsu, teve duas filhas com o ator e praticante de Jiu Jitsu Malvino Salvador, durante as duas gestações ela preferiu se abster dos treinos de Jiu Jitsu devido aos grandes impactos que poderia gerar na barriga, mas a pentacampeã não parou sua rotina de atividade física, com algumas adaptações ela se manteve ativa por quase toda a gravidez, fazia exercício funcional, hidroginástica e malhava para fortalecer a região lombar e os braços também.

A ideia de pensar em se afastar algumas semanas dos tatames assusta muitas jiujiteiras, imagina 9 meses? Isso acaba por frustrar as mulheres que não conseguem conciliar a nova vida e os treinos, por isso ao engravidar muitas delas desistem de praticar o Jiu Jitsu e não retornam após o nascimento do filho.

O simples fato de colocar um kimono e estar presente dentro de um tatame já é suficiente para manter acesa a chama da paixão pelo esporte. O ambiente, e a presença dos amigos são muito importantes para que ela aproveite esse período sem abandonar o que ama.

O bebê nasceu e agora?

O corpo se prepara durante nove meses para receber o bebê e o pós parto é um período delicado que exige muito cuidado com a saúde. Após certo período o médico irá liberar para que a mãe volte às suas atividades normais. Mas conciliar a maternidade e os treinos não será uma coisa fácil, mas com persistência e paciência tudo se ajeita e não será preciso abandonar a arte suave. Podendo também inserir o pequeno no mundo do BJJ.

Assim como a multicampeã Talita Treta e sua filha

O mais importante é que sempre tenha acompanhamento de um médico e um profissional de educação física, antes ou depois do parto,pois a saúde deve vir em primeiro lugar.

O que pode ser feito para melhorar o Jiu Jitsu durante esse período de gestação e pós parto?

O Jiu Jitsu é um esporte que requer muito estudo por parte daqueles que o praticam, muitos acham que para ficar bom é preciso somente sair na “porrada” todos os dias. O que não é totalmente verdade, estudar Jiu Jitsu amplia seus horizontes e te deixa a frente daqueles que ficam limitados aos treinos no tatame.

Assistir lutas, ler sobre a história e filosofia do Jiu Jitsu te mantém ativo e conectado ao BJJ, mesmo que não esteja dentro da academia. Outra coisa que pode ser muito eficiente e ajudar a afiar seu jogo para quando voltar a ativa e conhecer novas técnicas e aprimorar aquelas que já  você sabe, um detalhe, uma pegada diferente ou um movimento que ainda desconhece pode e vai fazer total diferença no seu jogo.

Nessa parte nós iremos te ajudar a se manter conectado com o mundo do Jiu Jitsu e de quebra turbinar seu jogo.

Nós temos os melhores cursos com conteúdos exclusivos com os melhores atletas da atualidade, como Irmãos Miyao e Marcos Tinoco que são verdadeiros mestres na arte suave.

Não perca mais tempo e adquira já o seu!!!

O ESPECIALISTA DA GUARDA LASSO (GUARDA LAÇADA) COM MARCOS TINOCO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

O BERIMBOLO E MUITO MAIS COM IRMÃOS MIYAO (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

Marcadores