Treine Jiu Jitsu Com Muita Vontade, Para Chegar Em Casa E Ter A Consciência De Que Deu O Melhor De Si

Treine Jiu Jitsu Com Muita Vontade, Para Chegar Em Casa E Ter A Consciência De Que Deu O Melhor De Si

Talvez seja a coisa mais clichê, mas pare e pense: você está dando seu máximo nos treinos de Jiu Jitsu? Você esta saindo de sua zona de conforto ou você está apenas amarrando o jogo para não sair como um perdedor?

É difícil admitir, mas todos nós somos movidos pelo medo. Ele sempre está à frente de tudo, é claro que é muito importante sentir medo, através dele garantimos nossa sobrevivência. Mas a situações que só atrapalha, porque ao invés de encarar nossos problemas de frente, preferimos abaixar a cabeça e deixa que ele tome conta de nós.

O medo de perder ou errar nós limita, ao invés de procurar formas de surpreender estamos mais preocupados com o que irá acontecer conosco. O medo nunca irá desaparecer, ele pode ser apenas uma faísca ou se tornar um fogaréu, mas isso depende de você. Se conseguir achar uma maneira de dominá-lo conseguirá alcançar coisas grandiosas.

Seu maior adversário é você mesmo, dentro de nós temos dois lados e aquele que sobressair será vencedor. Se deixar o seu “eu” negativo, medroso, preguiçoso tomar conta do seus pensamentos nunca será um vencedor, porque quem vence não é aquele que esta no lugar mais alto do pódio com a medalha mais bonita, até porque títulos não são eternos e medalhas enferrujam. O vencedor é aquele que persiste, é o que erra e faz de novo,  o que perde e volta ainda melhor.

Dê seu máximo nos treinos e verá resultados

Dar o seu melhor não significa que vai ganhar todos os rolas, que tem que obrigatoriamente finalizar todo mundo. O máximo é quando você faz tudo o que podia e ainda faz mais um pouco ás vezes nossa mente vai querer nos sabotar ela sempre desistirá primeiro que o nosso corpo. Quando você achar que não dá mais, insista por mais um tempo.

Se tiver alguém na sua academia que quando você vai treinar com ele sente aquele frio na barriga, porque toda vez ele te amassa e sempre sobressai nos rolas, treine duas vezes com ele sempre que possível. Campeão de academia não é título para ninguém , agradeça por ter treinos duros e bons companheiros que te apertam, são eles que te ajudam a ser melhor.

Ego não pode entrar no tatame

Se você não aceita perder em nenhum treino é melhor nem treinar, porque assim se preocupa mais em ganhar do que realizar as técnicas, é preciso se expor um pouco se colocar em situações difíceis. Como você aprenderá a defesa da montada se você trava seu amigo 5 minutos na guarda fechada e não deixa o ele fazer nada e nem busca ataques para surpreendê-lo?

Treino se chama treino porque foi feito para “treinar”, que de acordo com o dicionário Aurélio significa “Ensinar ou aprender determinada ação ou prática, preparar ou preparar-se para uma prova, uma competição ou uma atividade.” Se você para só ganhar seria chamado de competição e não treino.

Ali é o lugar que você se prepara às vezes ganha, às vezes perde, acerta ou erra, mas sempre aprende. Você é a pessoa que define seus limites, pode ir até onde ainda está confortável ou pode ir além dando tudo o que consegue para ser melhor que você mesmo. Chegando naquele estado que está tão desconfortável, que dói tudo que não sente mais nada e não consegue nem pensar direito, mas com a satisfação de que não havia mais nada que podia ser feito.

É desse jeito que os campeões são forjados, na dificuldade, na dor, no medo, na incerteza e não na zona de conforto.

Você tem que oferecer bons treinos para seus companheiros

Não há nada mais desagradável do que aquela pessoa que reclama de tudo, que sente dor em todos os lugares, que está sempre cansada e que amarra os treinos. Você tem todo o direito de não gostar de ser competitivo, de estar ali só para relaxar, mas seus amigos precisam do seu corpo para afiar a técnica deles também.

Seja aquele cara que as pessoas olhem e falem, “esse cara dá um treinão pra mim”, e melhor te amassarem do que aliviarem pra você pensando que não aguenta pressão.

Treine com os menos graduados

Para fazer bons treinos não precisa fazer treinos somente com graduados, você pode afiar suas técnicas, treinado com aqueles que ainda estão aprendendo como funciona o Jiu Jitsu. Isso não quer dizer que será um treino perdido, ou que tenha que acelerar o novato, pelo contrário e o momento de testar coisas novas, colocar em posições que precisa aprimorar. Os faixas brancas e azuis podem te ajudar mais do que pensa então não os menospreze.

Máximo não quer dizer se matar de treinar

Quando se fala em dar o seu máximo não que dizer fazer 15 treinos de 5 minutos, sair com o kimono ensopado, fazer força sem miséria, quer dizer que fez treinos efetivos utilizando as técnicas, conseguiu impor seu jogo, controlou seu oponente, se expôs e consegui reverter a situação. Isso é dar o melhor, não é fazer um treino e dizer que não aguenta mais, está cansado pense mais, utilize a inteligência ao invés da força física e certamente sua evolução ocorrerá.

 E é assim que você começa a ser diferenciado, blindando sua mente e tendo comportamento de um verdadeiro campeão. Para ser um bom Jiujiteiro e fazer bons treinos além de se comportar como citado acima, tem que ter um nível técnico acima de média. Já que a arte suave é aquela que a “técnica supera a força”.

E para te ajudar nessa parte o BJJFanatics possui um arsenal de cursos com as mais variadas técnicas que revolucionarão seu jogo. Onde você aprenderá com os caras mais “brabos” de todos os tempos como o Rodolfo Vieira Bernardo Faria Marco Barbosa as passagens mais monstruosas para surpreender seus oponentes.

Não perca mais tempo e adquira já o seu!!

A ENCICLOPÉDIA DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM BERNARDO FARIA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

O MANUAL DA PASSAGEM NA PRESSÃO COM MARCO BARBOSA (ACESSO ONLINE)

COMPRE AQUI

Marcadores